Como ensinar seu filho a zelar pelas ferramentas de estudo

Todo início de ano escolar é aquela alegria para a criançada: material escolar novinho em folha. Entretanto, chega no meio do ano e já está tudo uma bagunça. O caderno todo amassado, os lápis faltando metade, os livros rasgados e a mochila toda desorganizada.

Deu para perceber que toda a conversa de que aquele material era para o ano todo e que poderia até ser reutilizado no próximo ano não funcionou. É por isso que aqui você vai encontrar 3 dicas de como ensinar seu filho a zelar pelas ferramentas de estudo.

1.  Organização todos os dias

Não adianta nada chegar só nas férias de julho para dar aquela conferida no material escolar do filho e ver tudo o que está faltando e o que não tem mais condição de uso. Assim como foi feito quando o material acabou de chegar da papelaria, toda aquela expectativa para organizá-lo e começar a utilizá-lo o quanto antes, tem que ser repetido pelo menos uma vez por semana. Ou ainda melhor se for todos os dias antes de ir para a escola e assim que voltar.

E, claro, dessa vez não haverá mais toda aquela expectativa, então serão vocês, pais, que tomarão a iniciativa nas primeiras vezes. Veja como seu filho está se organizando e, caso necessário, mostre para ele melhores maneiras de se fazer isso. Ensine desde cedo a regrinha do usou – guardou e não deixe que a criança crie o hábito de não organizar os materiais e livros escolares logo depois do uso.

Explique também para ele que tudo aquilo que foi comprado, se ele quebrar ou perder alguma coisa não vai aparecer outra nova como num passe de mágica. Ensine que você precisa trabalhar muito para conseguir comprar tudo aquilo de novo.

2.  Emprestou – Devolveu

Uma situação que sempre acontece com todo mundo, mas que começa quando criança, é o hábito de emprestar os materiais escolares para os colegas de classe ou, também, de pedir emprestado. Um dia um lápis, no outro a régua e assim vai.

O certo não é proibir a criança de fazer isso, muito pelo contrário. Já que um dia vai ser ela quem vai precisar de algo que não tem. Mas sim explicar para ela que quando emprestar e o colega não devolver, não é feio pedir de volta. Assim como quando ele pegar emprestado de alguém é importante que devolva logo que usar o material.

3.  Reutilização das ferramentas de estudo

Seguindo essas dicas, ao chegar no final do ano os materiais estarão bem cuidados e aí vem a melhor notícia: as crianças podem reutilizá-los. Claro que não são todos, já que os cadernos e os livros da escola mudam. Mas materiais como lápis de cor, régua e canetas podem durar com facilidade mais de um ano se o cuidado for adequado.

Então você pode recompensar seu filho de alguma maneira com o dinheiro que ele fez você economizar. E, assim, vai conseguir mostrar cada vez mais a importância de zelar pelas ferramentas de estudo.

Quer receber, em primeira mão, mais dicas sobre educação para os seus filhos? Assine nossa newsletter e aproveite para curtir a página do Facebook do Colégio Mario Schenberg para acompanhar as novidades do blog.