Hábitos que os Pais Podem Adotar para Contribuir com a Educação dos Filhos

 

Você sabia que os pais podem influenciar na educação dos filhos, seja de forma positiva ou negativa? Diversos especialistas vêm alertando para a importância da presença dos pais para a aprendizagem das crianças e adolescentes. Um estudo produzido por Keith Robinson, da Universidade do Texas, mostrou que alunos com pais presentes têm melhor desempenho na escola e posteriormente na universidade.

Apesar desses dados, é comum os pais se afastarem da educação dos filhos. Com a correria da rotina, muitas vezes é mais fácil chegar  em e ficar mexendo no celular do que se envolver com tarefas de casa. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas para lhe ajudar a participar da educação dos seu filho e exercer uma influência positiva na aprendizagem deles.

O diálogo é o primeiro passo na educação dos filhos

Mostre aos seu filhos que você se importa. Todos os dias, tire alguns minutos para conversar e deixe que eles falem sobre qualquer assunto no qual estejam interessados. Imponha limites, mas mostre que você é parceiro e esteja aberto ao diálogo. Ser amigo vai ajudar a construir uma relação de confiança.

Sempre que tiver uma brecha, pergunte sobre como está indo a escola, o que ele está aprendendo e quais experiências está vivendo. Para que essa aproximação se torne mais sólida, se possível, faça pelo menos uma refeição por dia em casa, na mesa, com todos reunidos.

Escola e família devem estar integrados

Para que a escola cumpra seu papel, a família também precisa ter compromisso com a educação. Esteja integrado com a vida escolar dos seus filhos: participe das reuniões de pais e mestres, mantenha contato com professores e coordenadores e marque presença nas atividades escolares. Além disso, ensine a importância de respeitar os professores e demais funcionários da instituição.

Incentivo leva ao progresso

É importante identificar as potencialidades dos seus filhos e incentivá-las, mesmo que elas não sejam nada do que você esperava para eles. É comum os pais desejarem que os filhos sejam sua projeção, mas nem sempre as crianças vão se identificar com aquilo que a família impõe.

Forçar os filhos a permanecerem em uma atividade só porque você acha que é o melhor, pode gerar frustração e podar vocações. Mostre que está ali para o que der e vier e ofereça incentivo, mesmo que as preferências deles mudem no decorrer do tempo. Isso vai estimular o autoconhecimento e desenvolver talentos.

O exemplo arrasta

A palavra convence, mas o exemplo arrasta. Pouco adianta aconselhar e estar presente na vida dos seu filhos se você não dá o exemplo. Como vai ensiná-los a respeitar os outros, se tem atitudes desrespeitosas na presença deles? Como quer incentivá-los a ler, se nunca tira um tempo para lerem juntos ou se eles não lhe vêem nem folheando um jornal? Procure dar exemplo mesmo que seja nas pequenas atitudes e grandes frutos virão.

Mantendo esses hábitos, os pais estimulam a educação dos filhos. O diálogo, presença e incentivo garantem grandes resultados na aprendizagem das crianças e adolescentes.

Você gostou das dicas? Já aplica algum desses hábitos em casa? Para ficar por dentro de mais conteúdos relacionados à educação de crianças e adolescentes, continue acompanhando o nosso blog.