Um dia que não pode passar em branco

Por Flavio Orzari (Agência Emme)

Colégio Mario SchenbergHoje enquanto eu realizava uma pesquisa sobre o dia que se comemora a Educação, surpreendentemente descobri que dia 15 de março foi o dia da escola. Decidi então que isso não poderia passar em branco.

Em minha opinião, a escola é, sem dúvida, a instituição mais importante que temos hoje no mundo contemporâneo, pois ela é a responsável primeira pelo desenvolvimento e aprimoramento da linguagem. Isto é verdadeiramente muito importante, se pensarmos que é através da linguagem que nos relacionamos, interagimos e pensamos. Pensamos em português, já pensou nisso? Nomeamos nossos sentimentos, em português! Além disso, calculamos e numeramos a vida o tempo todo desde uma simples ida ao mercado, até a leitura de um exame médico. Experimentamos e testamos o mundo pela ótica da ciência quando fervemos o leite com achocolatado, ou testamos a temperatura da água do chuveiro antes de entrar no banho, ou mesmo quando medimos a distância e velocidade de um veículo que vem vindo antes de atravessar a rua. Desenvolvemos nossa percepção estética e nossa coordenação motora para darmos conta de compreender o mundo ao nosso redor e nossa mobilidade pelos macros e micros espaços.

Através da escola construímos nossa capacidade crítica, moral e ética. Temos a chance de nos tornarmos cidadãos e cidadãs potentes na tarefa de dar contornos mais evidentes ao bom convívio entre as pessoas. Lutamos muitas vezes pelo que é justo e de direito de todos através do gabarito que retiramos das salas de aulas, dos livros, dos cadernos e principalmente dos mestres que a escola nos oferece.

Sim, dia 15 foi dia oficial da escola, mas na verdade a escola celebra esse dia todos os dias, a cada sinapse nova realizada por seus alunos nas mais simples tarefas e aulas, nas novas emoções vividas no coletivo das amizades e cada diploma entregue como passaporte para os sonhos de seus mais importantes atores, os alunos. Parabéns a todas as escolas pelo trabalho diário de educação verdadeira.